Existem similaridades entre as diversas naturezas de projetos, mas existem também diferenças importantes entre eles. Projetos de software podem ser divididos em camadas, que particionam o processamento, para simplificar a implementação e sobretudo a compreensão e manutenção do sistema inteiro. Essas camadas precisam se comunicar de maneira perfeita e essa divisão favorece o que chamamos também de portabilidade de um sistema. Por exemplo, se você cria um sistema em software para uma instituição qualquer e opta por fazer em forma de software instalado nas máquinas, sua manutenção e seu uso em diferentes máquinas, até mesmo da mesma localidade, pode requerer um pouco de trabalho. Cada nova atualização necessita ser recompilada para e reinstalada em cada máquina. Já quando você opta por fazer em um ambiente web, você tem a possibilidade de permitir o acesso a partir de um browser que hoje é presente em qualquer computador, além de poder utilizar templates responsivos que permitem o uso do seu software em também em dispositivos móveis. Quando se trata de um projeto baseado em plataforma de hardware, existe uma divisão que é fundamental no seu projeto: é a divisão das tarefas entre sua plataforma de hardware e o software associado. Se você está fazendo uma coleta de dados em um campo aberto, por exemplo, e você necessita economizar para que seu dispositivo esteja ligado durante um período mais longo de tempo, você pode optar por manter um baixo nível de processamento, sempre considerando uma quantidade de dados mínima necessária para a sua correta interpretação. Considere que esses dados sejam guardados em um banco de dados, o software associado ao banco de dados precisa trabalhar um pouco mais, para poder colher, guardar e interpretar esses dados mínimos de uma forma correta. Essa divisão de tarefas é dependente da natureza do seu projeto. Quando seu projeto necessitar, economizar energia pode não ser uma opção, para não haver o risco de perdas na qualidade do resultado obtido. São decisões que cabem aos desenvolvedores, levando em conta as características do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *