Diversos projetos necessitam de transmissão de dados sem fio. Um dos dispositivos de baixo custo e de fácil são o pare de transmissor-receptor de RF que trabalha na faixa de 433 MHz (ou de 315 MHz, dependendo do modelo).

Deixamos aqui 10 dicas para você ficar atento ao utlizar esses dispositivos. Essas dicas podem ajudá-lo a identificar problemas de mau funcionamento em seu projeto. Segue:

  1. Em comparação com os outros dispositivos de radiofrequência, o desempenho de um módulo de RF dependerá de vários fatores, como o aumento da potência do transmissor e a captação a partir de uma grande distância de comunicação. 
  2. Aumentar a potência de transmissão pode causar interferência em outros dispositivos de RF. Do mesmo modo, a captação do sinal pode sofrer interferência de outros dispositivos transmissores ou até mesmo de motores próximos.
  3. Mesmo pequenos motores DC como os utilizados em carrinhos 2WD ou 4WD, podem provocar ruido e interferência na captação do sinal de RF.
  4. De um modo geral, os projetos de sistemas sem fio tem duas restrições primordiais: a distância de operação e a taxa de dados que o dispositivo é capaz de transferir. Evitar obstáculos no caminho entre os dispositivos ajuda bastante na operação. Quanto à taxa de dados, ela pode ser aumentada utilizando-se algum algoritmo de compressão de dados.
  5. Os módulos de RF são muito pequenos em dimensão e têm uma ampla faixa de tensão de operação, ou seja, de 3 a 12 V.
  6. Os dados são enviados em série do transmissor e recebidos, também em série, pelo receptor sintonizado. Transmissor e receptor precisam estar ligados cada um a um microcontrolador para que ocorra  transferência de dados.
  7. Toda aplicação que envolve requisitos de segurança como envio de alertas ou disparo de atuadores a distância, deve ter o cuidado redobrado. Se o projeto vai ficar em uma protoboard, é necessário estar atento às conexões dos dispositivos de RF para evitar falsos negativos, quando a captação não é feita por mal contato.
  8. Ao contrário do que possa parecer, utilizar uma antena maior não vai ajudar na transmissão, podendo até piorar em algumas situações. Um pedaço de fio de 18cm pode ser soldado na ilha indicada na placa, podendo ser enrolado em formato de mola para economizar espaço.
  9. Diferentes bibliotecas funcionam de diferentes modos. Para os dispositivos de RF você tem duas boas opções: RC Switch (https://github.com/sui77/rc-switch) ou Virtual Wire (https://www.pjrc.com/teensy/td_libs_VirtualWire.html).
  10. Muitas pessoas tentam utilizar o receptor e o emissor em um unico microcontrolador. É simples de entender porque isso não funciona. Basta perceber que o mesmo microcontrolador, nesse caso, enquanto envia, não vai estar disponivel para receber os dados em série.

Tem vontade de conhecer um pouco mais sobre os dispositivos de RF? Que tal participar emm uma das turmas de  nosso curso de Arduino? Acesse nossa página para mais informações de datas das novas turmas.

http://www.natalmakers.com

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *